quarta-feira, 17 de março de 2010

Blogue

Criei o meu Blogue em Julho de 2008. Desde então tenho procurado actualiza-lo sem cair na banalidade. Num constante devir, como bem notou Heraclito, parece que nada permanece. Pode um Blogue resistir a esta erosão do devir? Olho a blogosfera e vejo uma multiplicidade de Blogues. Estou a seguir alguns. Grande parte produzidos por professores.
Esta parece ser uma forma muito usada actualmente por professores, mas não só. De tal modo que o termo "bloguista" parece ter vindo para ficar. Afinal para que serve um Blogue? Pessoalmente entendo-o na persepectiva duma nova realidade, na qual me situo e à qual aderi: a hipertextualidade. O futuro, inclusive na educação, passa por aqui.

3 comentários:

Miguel Loureiro disse...

José Moreira Tavares
Bem vindo aos (per)seguidores, com um abraço daqueles tempos do Prof...
Juntei o blogue à lista dos meus.

José Moreira Tavares disse...

Bem vindo Miguel. Gosto do contra facção e visito-o todos os dias.

José Moreira Tavares disse...
Este comentário foi removido pelo autor.